Marketing Digital Internacional: um novo conceito

Marketing Digital Internacional: um novo conceito

Marketing Digital Internacional: um novo conceito

Ainda novo no Brasil, esse conceito já é realidade em países e europeus e asiáticos.
Tratado como uma frente de aceleração em internacionalização, a possibilidade de utilizar as ferramentas do marketing digital não se restringem a sua região. Mesmo com todo o avanço desse mercado no Brasil, quando falamos de atravessar as fronteiras ainda nos deparamos com muitos medos e receios.
Listamos aqui alguns cuidados para a prática deste serviço a nível global:
Respeito as características do mercado alvo: idioma e cultura são totalmente diferentes em cada país, ou até mesmo em diferentes regiões de um país. Respeitar estas diferenças é sinônimo de respeito. Um estudo sobre a cultura e o idioma local, com seus trejeitos e dialetos faz toda a diferença em uma campanha que quer atrair o público com conteúdo que de fato conversem com o mercado alvo. Entender as cores e respeitar aspectos relacionados a religião também são dicas valiosas nestas campanhas.
Logística: de nada adianta uma excelente campanha, um bom produto se a condição de entrega não favorece. Ter parceiros logísticos que possibilitem a entrega em um preço justo é também prioridade neste trabalho. Os correios ou as companhias de transporte courier podem ajudar a estrutura uma boa logística de entrega. Cuidado com as limitações de peso e cubagem, ou mesmo a questão da qualidade técnica do produto. Respeite o shelf life para que o cliente possa receber o produto no estado em que o mesmo foi vendido. Entender um pouco dos riscos no importador em ter sua mercadoria parada na aduana de destino é importante.
Ferramentas e aplicativos utilizados: mapeie os principais sites e apps do país alvo. Invista nas principais redes. Há países com restrição à internet. Fazer uma campanha tendo como alvo a China, por exemplo, vai requerer uma estratégia diferenciada, já que nenhuma de nossas redes sociais funciona por lá, tão pouco Google e WhatsApp. Analisar isso é parte tão fundamental quanto as duas anteriores.
Diante destes 3 aspectos e com um bom planejamento, explorar o mercado externo ficou um pouco mais simples e rápido. Basta analisar e aplicar as ferramentas adequadas, para que assim, a ferramenta seja mais um fator de ajuda para globalizar o Brasil.
Author Avatar

Sobre autor

Mário Pólis - Bacharel em Negócios Internacionais (UNIMEP) e Mestrando em PO – Log. Internacional (UNICAMP), é um dos membros brasileiros na INCU (International Network of Customs Universities). Tem experiência nas áreas de logística e aduana, com foco em inteligência aduaneira voltada para pequenas e médias empresas importadoras/exportadoras. É docente no MBA de Negócios Internacionais e Comércio Exterior, e MBA de Gestão e Negócios (UNIMEP), além de palestrante. É o diretor da EMME.