3 passos para exportar mercadorias

3 passos para exportar mercadorias

3 passos para exportar mercadorias

Se você quer ter sucesso em exportação, sem investir muito, esse artigo é para você.

Somos sempre procurados por indústrias nacionais querendo exportar. Fato é que muitas delas não são competitivas no exterior, não por culpa delas, mas por falta de competitividade do ambiente de negócios brasileiro.

Desta maneira, na primeira oportunidade que estas empresas têm em contato com uma empresa de consultoria em comércio exterior ou com um despachante aduaneiro, sempre acreditam que poderão encontrar clientes dispostos a comprar delas.

Infelizmente não é fácil assim, quem dera!

Exportar exige diversos pilares, seja dentro da empresa, no seu modelo de gestão, seja no ambiente macroeconômico, com a falta de políticas pensadas na atividade.

Para dirimir todos estes aspectos, daremos aqui 3 dicas para sua empresa começar um processo de exportação, sem investir muito.

Passo 1 - Buscar comerciais exportadoras do seu segmento: se você é uma empresa interessada em exportar produtos alimentícios, por exemplo, deve buscar a Câmara de Comerciais Exportadoras ou na própria internet, empresas que já exportem neste segmento. Assim, oferecendo seu produto poderá exportar indiretamente, sem a necessidade de criar uma estrutura própria para exportar sozinha. Se seu produto completa linha da trading, ela vai comprar de você no mercado nacional para na sequência exportar.

Passo 2 – Visitar feiras no exterior: pode parecer um alto investimento, mas não é. Se você mapear boas feiras num país que lhe interessa e comprar as passagens e serviços de viagem com antecedência, o custo se torna bastante atrativo, até pela oportunidade de visitar uma feira no exterior e conhecer gente do seu segmento. Sem contar possíveis parcerias que podem ocorrer numa visita como essas.

Passo 3 – Mídias Sociais: investir em mídias sociais para o mercado nacional já é uma rotina de muitos brasileiros. No oposto, vemos uma ou outra empresa somente investindo no mercado exterior. Se você possui condições de expedição direto para o consumidor final, ou mesmo se pretende alcançar distribuidores, seu caminho é explorar as redes sociais e internet para conquistar novos mercados. Basta direcionar as campanhas para o mercado que lhe convém.

Enfim, estas são 3 dicas muito interessantes para um início de projeto de exportação e internacionalização de empresas, gastando pouco. Como qualquer ação da empresa, se quiser ter retorno, há de se fazer investimentos, e estes todos são mínimos para o potencial de mercado esperado.
Author Avatar

Sobre autor

Mário Pólis - Bacharel em Negócios Internacionais (UNIMEP) e Mestrando em PO – Log. Internacional (UNICAMP), é um dos membros brasileiros na INCU (International Network of Customs Universities). Tem experiência nas áreas de logística e aduana, com foco em inteligência aduaneira voltada para pequenas e médias empresas importadoras/exportadoras. É docente no MBA de Negócios Internacionais e Comércio Exterior, e MBA de Gestão e Negócios (UNIMEP), além de palestrante. É o diretor da EMME.